Fan page espaço vida
WhatsApp: 9 8911-7774 contato@espacovidabh.com.br

Ao longo da vida adquirimos diversos hábitos alimentares. Comemos porque gostamos, porque nos trás memórias, porque podemos dividir esses momentos com pessoas queridas. E aliado às nossas escolhas alimentares, temos o nosso estilo de vida, a forma como nos movemos, como lidamos com o estresse, a forma como nos expomos aos inúmeros tipos de toxinas (a modernidade trouxe junto com ela produtos industrializados cheios de conservantes e corantes, alimentos cheios de pesticidas e agrotóxicos, sem falar da poluição do ar).

 

E tudo isso define como será a nossa saúde.

 

A rotina da vida moderna se encarrega de deixar o tempo para a alimentação mais curto, prejudicando a qualidade do ingerimos. Isso leva não só ao aumento excessivo de peso, mas a uma resposta inflamatória crônica. Essa é a chamada inflamação silenciosa ou inflamação celular, e está por trás de todas as doenças crônicas não transmissíveis (hipertensão, diabetes, dislipidemias, doenças respiratórias, doenças cardiovasculares e quadros depressivos). Ou seja,  que queremos e precisamos evitar.

A melhor noticia é que esse mal não se herda, ele é adquirido e com algumas mudanças e  cuidados conseguimos prevenir e até reverter. Criar uma rotina que visa o bem-estar físico e  traz diversos benefícios e pode, inclusive, ajudar na prevenção dessas doenças. A nutrição em níveis corretos pode aprimorar os rendimentos físicos, potencializar a perda de peso e conservar a saúde.

Por isso, quando precisamos mudar nossa alimentação para melhorar nossa saúde, é hora de procurar o nutricionista e iniciar uma reeducação alimentar. Por meio da orientação individualizada é possível ter uma alimentação prazerosa, adequada ao estilo de vida e ao mesmo tempo proporcionar ao seu corpo todos os nutrientes necessários para que ele seja saudável.

Na Clínica de Estética Avançada Espaço Vida, contamos com a Nutricionista Carla Christiane Binda, que realiza de maneira bem detalhada odo o funcionamento dos sistemas orgânicos, parâmetros bioquímicos, sinais e sintomas apresentados, rotina, hábitos alimentares, prática de exercícios físicos e objetivos a serem atingidos.

Complementar a estas informações é feita uma avaliação da composição corporal com auxilio da balança de bioimpedância, que avalia:

  • Percentual de Gordura Corporal;
  • Percentual de Massa Muscular;
  • Percentual de Água;
  • Peso Ósseo;
  • Índice Metabólico Basal;
  • Índice Metabólico Ativo

Tudo isso para melhor análise da situação do paciente, determinando sua meta e acompanhando com eficiência todo o tratamento nutricional.

Baseado nesta avaliação, o plano alimentar é elaborado, considerando todas as especificidades, que será adaptado de acordo com as necessidades e evolução do paciente.

 

– Por Carla Christiane Binda, nutricionista especialista em Nutrição Clínica e Hospitalar e Nutrição Esportiva Funcional.